A Mulher Cristã Pode Ficar Deprimida?




 Como você está se sentindo?

Recentemente adquiri um livro que fala sobre a relação da saúde emocional da mulher com sua vida espiritual. E um tema que me chamou a atenção, foi o capítulo onde a autora do livro fala sobre a depressão. Sabemos que a depressão é o mal do século e que seus principais sintomas são a sensação de vazio e tristeza.
Agora eu pergunto: a mulher cristã, que crê em Deus, ela pode ficar deprimida?
A resposta é sim. Pois a depressão é uma DOENÇA que pode afetar todo ser humano e pode ser fatal, por isso ela não pode ser vista como sinal de fraqueza.
Estudos científicos apontam que essa patologia pode ser decorrente da deficiência na quantidade de neurotransmissores (serotonina e noroadrenalina) e da inativação de receptores pré e pós-sinápticose. E exames feitos em pacientes depressivos notou-se uma mudança na anatomia do sistema nervoso (COUTINHO et al, 2015).
A depressão não é falha espiritual, pois ela envolve fatores genéticos, ambientais e de hábitos de vida. A alimentação desiquilibrada, falta de atividade física, ritmo de vida acelerado e falta de descanso são fatores que influenciam também na sua origem. O coaching pode te ajudar no sentido de desenvolvier seus recursos de autocuidado para gerenciar doenças crônicas e/ou modificar o estilo de vida de modo a melhorar o estado de saúde e bem-estar. A Bíblia relata situações de vários homens que provaram dessa doença. Um exemplo que podemos dar é de Elias (1 Reis 19:4-10). O seu estado depressivo teve o “gatilho” deflagrado após uma grande batalha espiritual, causando profundo esgotamento físico e psicológico.
Leia Isaías 61:1-3 e usufrua das promessas de Deus.
Você tem sentido falta de vontade de viver ou triste e vazia? Procure ajuda de um profissional, como um psiquiatra ou psicólogo.
Se você conhece alguém que esteja depressiva, acolha com palavras de consolo e oração.
_Gostou?_ *Compartilhe*
Clique no link para fazer parte da minha lista de transmissão: https://bit.ly/2GaFpbi

REFERÊNCIAS:
REJANE SOUZA SILVA, A MULHER E A SAÚDE EMOCIONAL, 1 ed. Editora CPAD. 2019.
COUTINHO et al. ASPECTOS BIOLÓGICOS E PSICOSSOCIAIS DA DEPRESSÃO RELACIONADO AO GÊNERO FEMININO, Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. 2015 Jan/Abr;19(1):49-57.  http://www.revneuropsiq.com.br 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Confira 3 dicas de como treinar sua mente para o sucesso profissional

Como Ser Mais Confiante? Confira as dicas

O que faz um coach de bem estar?